Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Menos de 30% vai para cubanos do Mais Médicos, o resto para Cuba

Responsável por intermediar a cessão de médicos, junto ao governo de Cuba, para trabalhar no programa Mais Médicos, a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) já recebeu R$ 1,3 bilhão do governo brasileiro este ano. O dinheiro, como sempre, vai para o governo do ditador Raúl Castro, irmão de Fidel, que repassa menos de um terço do valor (só R$3 mil dos R$11,5 mil) para o profissional médico no Brasil. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Ao contrário de médicos de qualquer outro país, no Brasil profissionais cubanos recebem menos de 30% do salário pago pelo governo.

Em abril, o Ministério da Saúde abriu 2,4 mil vagas com prioridade para brasileiros no Mais Médicos. A ideia é reduzir a participação da Opas.

Médicos que se livraram das amarras da ditadura devem ficar oito anos sem pisar em Cuba. “É o preço da escolha de ser livre”, diz um deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário